Geddel pode ser expulso do MDB

Preso em Brasília após a Polícia Federal encontrar suas digitais nos R$ 51 milhões apreendidos em um apartamento no bairro da Graça, em Salvador, o ex-ministro baiano Geddel Vieira Lima pode ser expulso do PMDB, agora MDB.

De acordo com o jornal Tribuna da Bahia, a possibilidade de expulsão tem sido cogitada entre os integrantes da sigla em caso de provadas as acusações que pesam contra o ex-presidente do partido.

Geddel se afastou da presidência do MDB em julho deste ano e em setembro pediu licença do cargo de primeiro-secretário da direção nacional da agremiação. 

Em conversa com o BNews, o líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Leur Lomanto Júnior, um dos quadros do MDB no estado, afirma que não há essa discussão na legenda em nível estadual. “Esse debate, se houver, é na executiva nacional, onde ele era dirigente”, apontou. 


Comentários (0)


Deixe um comentário